Pesquisar este blog

19.6.09

Naftalina

Lembro quando você me falou,
dentro do armário,
só tem bolor e naftalina.
Vem já pra fora, meu bem,
que só aqui é que tem,
calor e adrenalina.

Voltei pra casa,
parei na porta,
pensei um pouco...
Nem morta!

Não posso, não posso,
já falei que eu não posso,
não é que eu não queira,
mas é tão difícil pra mim.

É claro que eu quero,
quero mais que tudo,
mas sinto tanto medo,
um medo absurdo!

Medo dos vizinhos,
medo da mommy,
medo do daddy,
e do meu irmão,
que já foi skinhead.

Oh, meu amor,
ninguém me faz tão feliz,
ninguém me fez tanto bem...

Mas já que eu não posso sair do armário,
peço que você entre no armário também...

Não posso, não posso,
já falei que eu não posso,
não é que eu não queira,
mas é tão difícil pra mim.

É claro que eu quero,
quero mais que tudo,
mas sinto tanto medo,
um medo absurdo!

Medo dos vizinhos,
medo da mommy,
medo do daddy,
e do meu irmão,
Que já foi skinhead.

Oh, meu amor,
você é tudo de bom,
ninguém me fez tanto bem...

Mas já que eu não posso sair do armário,
Peço que você entre no armário também...


Música do Zeca baleiro...

6 comentários:

QuelzudaH disse...

Oieee.
Obrigado por me desejar sorte sem ao menos saber o que é... Hehe.
Gostei daqui também.
Beijo.

Dina =) disse...

Amo Zeca!!!
Tudo de bom mesmo!
=)
Lindo aqui!
Beijos!

Fernanda Magalhães disse...

Menina sapeca!!! Estava com saudades de vc la no Brisa Feliz!

vc tem tantos blogs q nao sei qual é o pessoal só teu.

bjos linda!

Dri Viaro disse...

Passei, pra conhecer seu blog e desejar boa semana

bjs

aguardo sua visita :D

Alice disse...

Muito legal a letra, criativa demais.

Luan disse...

so digo que dentro do meu armario tem coisas boas tbem,.

gostei daqui!

bração!

Seguidores

Selinhos

Selinhos

Quem já passou

 
2011 Template Gorjuss Slide / Elke di Barros / Templates e Acessórios